Alergia ao leite e intolerância à lactose – a explicação

2019-07-03

Alergia ao leite e intolerância à lactose – a explicação

A intolerância à lactose é causada pela falta total ou parcial da enzima lactase, a qual digere a lactose, que é um açúcar do leite. Este açúcar passa a ser fermentado pelas bactérias do intestino, o que resulta nas queixas típicas da intolerância à lactose.
Já a alergia às proteínas do leite de vaca, ou APLV, é causada por proteínas e o sistema imune está diretamente implicado, sendo a caseína, a alfa-lactoalbumina e a beta-lactoglobulina as principais proteínas do leite de vaca envolvidas na alergia. Quanto aos sintomas também há diferenças. No caso da intolerância à lactose os sintomas são locais e envolvem apenas o sistema digestivo (excesso de gases, cólicas, diarreia explosiva). Por sua vez, na APLV os sintomas podem ser locais ou envolver vários sistemas, como iremos ver de seguida.

Ou seja, no caso do leite de vaca, a diferença é que as proteínas provocam a alergia e os açúcares a intolerância! Os sintomas que daí resultam também são diferentes, sobretudo porque a alergia é grave, mas a intolerância não!

A intolerância, geralmente, é dose dependente e a pessoa pode tolerar pequenos volumes de leite por dia ou ainda se beneficiar do uso de laticínios em produtos industrializados preparados com baixo teor de lactose. Na APLV a alimentação não pode conter leite e derivados.

Por isso, não existem alergia à lactose, nem intolerância às proteínas do leite.... Porque como vimos a alergia acontece para proteínas e a intolerância para o açucar!

Ver todas

Últimos artigos

Quando escolher uma fórmula de aminoácidos?
Refluxo no bebé
Alergia a antibióticos - a importância do diagnóstico correto
Alergia ao ovo - o que comer? que cuidados ter?
Como prevenir a urticária ou como evitar “crises”?
Precauções na alergia a abelhas e vespas
Como evitar os sintomas de alergia durante a época de pólens?
Como prevenir ou eliminar os ácaros?
Alergia ao leite e intolerância à lactose – a explicação
Primeiros socorros na anafilaxia