Vinho sem vestígios de proteínas animais

2019-12-20

Vinho sem vestígios de proteínas animais

Sabia que uma das etapas que envolve a vinificação é o processo de clarificação — que, basicamente, consiste na separação das partículas sólidas (o mosto) que ainda persistem a fim de clarificar/filtrar o líquido — no qual normalmente recorre-se, por exemplo, à adição de gelatinas de origem animal (como, por exemplo a de porco) à cola de peixe ou à clara de ovo para que este processo ocorra mais rapidamente.
Ora este é um problema não só para os vegans, como também para quem tem de cumprir dietas de restrição por alergias alimentares.
Conheça a novidade segura no mercado dos vinhos que lhe vai permitir aproveitar melhor esta época de festas, através do link 👇🏻

Link externo voltar

Últimas notícias

COVID-19 e Asma: qual o risco?
Previsão de pólens - semana 21 a 27 fevereiro
Aprovado tratamento para alergia ao amendoim
Foi publicada a regulamentação do Estatuto do Cuidador Informal
Vinho sem vestígios de proteínas animais
Crianças com alergia não-IgE mediada à soja, podem ingerir LECITINA DE SOJA?
Ainda se morre por ataque de asma
Mais uma tragédia fatal por alergia alimentar
Aquele primeiro biberão de leite adaptado ao nascimento....
Dia Internacional das Mastocitoses e Patologias Mastocitárias